Os benefícios do autoatendimento nas cantinas das escolas

7/4/2022

Na escola você enfrentava filas para comprar lanche na cantina. Boa parte do recreio se perdia nas filas. Os pais tinham que se preocupar com dar o dinheiro para os filhos. Com a pandemia essa aglomeração da fila e da alimentação em conjunto se tornou um perigo.

Muitas escolas optaram por escalonar os intervalos, marcar lugares afastados para que os alunos pudessem comer com mais segurança. Porém, comprar o lanche na cantina da escola continuou sendo do velho jeito: dinheiro na mão e muitos alunos disputando a atenção dos tios e tias da cantina.

Se tudo estava mudando: a forma de pedir taxi, de pedir comida e até de comprar imóveis, comprar lanche na cantina da escola não ia ficar presa ao passado. A Meep é uma startup voltada para soluções de consumo e viu na relação de entre aluno e cantina sua oportunidade.

Onde os alunos ganham?

Várias soluções inovam a compra do lanche de diversas formas. A Meep oferece algumas soluções como: totens para fazer pedidos, diminuindo as filas; possibilidade de o professor fazer pedidos em sala de aula para a turma e um app onde o aluno faz o pedido remotamente e só retirar ou ter seu lanche entregue na sala.

Dessa forma, as filas acabam e a aglomeração por elas gerada. Como o pedido é feito com antecedência e é possível escolher se haverá retirada ou se o aluno optará pela entrega também não há aglomeração na cantina para retirar o alimento. O aumento da comodidade para o estudante é inquestionável, afinal melhora o seu tempo de intervalo, minimiza o contato com outras pessoas durante os tempos de pandemia e assim também aumenta sua performance nos estudos.

Para a escola e a cantina, qual o benefício?

“Um cliente me falou ‘acabou com meu desperdício de comida, eu faço o que tem de pedido e deixo uma pequena reserva’”, conta Luiza Lacorte, responsável pela Meep Escola. Além da diminuição do desperdício é possível programar as compras e adaptar os menus.

É visto também uma escolha pelos caminhos com menos etapas. “Tem algumas escolas que só utilizam o link [forma para acessar o app onde o aluno faz as compras na cantina]”, explica Luiza. Dessa forma as etapas de escolhas, pagamentos e retirada são diminuídas e aceleradas, aumentado o conforto do aluno e sua satisfação com a escola.

Para os pais, para que vale a pena?

Automatizando a compra do lanche os pais têm mais segurança quanto aos gastos e nutrição de seus filhos. Com os aplicativos podem escolher junto as crianças o que vão comer e fazer uma programação a longo prazo.  Outros benefícios vem com o cartão do aluno que pode ser carregado com o valor desejado pelos pais.

O futuro da alimentação é realmente rodeado de tecnologia e as tendências se mostram claras com os caminhos certos a seguir. “Nossos pilares são as crianças, a cantina e a escola”, explica Luiza. Por esse caminho o lanche fica mais seguro e moderno.

Matéria feita pela Antena 1:
https://www.antena1.com.br/noticias/educacao-conheca-meep-uma-startup-que-revolucionou-a-hora-do